Mitsubishi Eclipse Cross 2022 abandona traseira polêmica


SUV redesenhado chega ao Japão e Oceania no final deste ano com inédita versão híbrida plug-in
 
A Mitsubishi revelou o Eclipse Cross 2022, que traz novo visual e versão híbrida plug-in. O protótipo começará a ser vendido no Japão, Austrália e Novidade Zelândia em novembro. Nos Estados Unidos, o SUV tem estreia marcada para o início de 2021.
Na frente, o Eclipse Cross traz uma evolução da filosofia “Dynamic Shield”. Os faróis divididos em “andares” foram mantido, mas a seção superior (das luzes de rodagem diurna em LED) ficou mais afilada, enquanto a secção subordinado (que abriga os fachos supino e plebeu) foi alargada. A grade troca o conclusão cromado por preto e traz arremate do tipo colmeia logo aquém do logotipo da marca.

A traseira concentra a maior secção das mudanças. A principal delas é o novo conspiração da tampa traseira e vidro. Antes dividido por uma interligação das lanternas, o vidro passa a ser inteiriço. Com isso, a tampa ficou mais subida e o brake light foi reposicionado, assim porquê o limpador traseiro.
As lanternas também têm novo formato e o para-choque perdeu os apliques na cor prata e as luzes de ré, que agora integram as lanternas. O nome do veículo passa a permanecer em destaque, concentrado na régua da placa de identificação.
Na cabine, única mudança é uma novidade medial multimídia com tela de 8 polegadas e botões físicos giratórios para controle de volume e seleção de músicas/estações.

Versão híbrida
Além do visual, o Eclipse Cross terá inédita versão híbrida plug-in, que será restrita a mercados da Ásia e Oceania. A formato eletrificada utiliza o mesmo conjunto do Outlander híbrido: motor 2.4 a gasolina de 135 cv é combinado a a 2 motores elétricos (um em cada eixo), de 82 cv e 95 cv – a marca não informa a potência combinada.
O protótipo a esbraseamento mantém o motor 1.5 turbo de 165 cv e 25,5 kgfm de torque, com câmbio CVT com 8 marchas simuladas. No Brasil, o Eclipse Cross produzido em Catalão (GO) ganhou levante ano duas séries especiais. O novo visual do protótipo nipónico, entretanto, só deverá estrear por cá em 2022.

Fotos: Divulgação




Fonte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × três =