Leitor relata processo de compra e aquisição de um sedã compacto 0km



Olá pessoal, meu nome é Paulo Molinari, sou de Ipuã/SP e gostaria de compartilhar com vocês o meu processo de obtenção do meu veículo 0km, sempre vi relatos cá e agora compartilho com vocês o meu relato, e já vou adiantando, o tipo de atendimento que eu tive nas concessionárias pesou na escolha do coche.Tinha um Voyage 1.6 2015 tirado 0km e ele já estava com 58.000 km rodados sem nenhum problema grave, somente manutenção periódica mesmo, um coche que mesmo defasado em projeto uma vez que falam nos sites automotivos eu gostava muito dele, andava muito e era um coche com os “luxos” necessários hoje em dia, ar-condicionado, vidros elétricos, direção hidráulica e rodas de liga, para levar eu, minha esposa e meu fruto dava conta do recado.Os requisitos para o novo coche era: sedã, motor 1.6 ou 1.0 turbo e cor metálica, sendo assim fui a procura do novo veículo para a família, fui em duas cidades diferentes da minha região que tem as quatro marcas ditas grandes do país.Vou omitir as cidades pois penso que talvez posso prejudicar qualquer atendente de uma dessas marcas, talvez os atendentes não estivessem em um bom dia na ocasião.Na primeira cidade que eu fui, foi em uma concessionária Fiat e já de faceta o atendente foi muito cordial e atencioso comigo e tudo o que perguntei foi respondido com muita cordialidade e justo naquela semana era o lançamento da Novidade Strada e tinha uma para teste drive, completa com todos os acessórios e vou manifestar o coche me chamou a atenção, me foi oferecido o teste, não era o coche que eu tinha em mente mas fui mesmo assim fazer o teste.Uma vez que disse supra quero um motor mais possante e aquele 1.3 não dá para encarar, sai na rodovia Anhanguera para testar a Strada e já desisti do coche e também do Cronos 1.3 e o Cronos 1.8 ficou fora da escolha por alguns detalhes pelo coche que escolhi.A segunda concessionária na primeira cidade foi a Chevrolet e nem cadeira para sentar me ofereceram, tinha um Onix Plus 1.0 Turbo completo na exposição para teste drive e lá mesmo o coche ficou, nem me ofereceram para testar, desisti de saber mais informações diante da falta de vontade do vendedor e fui embora.O meu contato ficou lá e estou esperando até hoje uma relação.A terceira concessionária na primeira cidade foi em uma VW, e fui muito muito recebido e atendido, onde funcionário me explicou tudo o que eu queria saber sobre o Virtus 1.0 Turbo, não fiz teste drive pois não tinha para testar, mas uma vez que meu pai tem um Polo 1.0 Turbo portanto não me preocupei pois são praticamente o mesmo coche.Também meu contato ficou lá e recebi várias ligações do vendedor depois a visitante, inclusive para eu fechar o negócio no coche escolhido, ficamos negociando por telefone e ele só perdeu o negócio porque a outra concessionária pagou melhor no meu coche.Na primeira cidade tem também uma concessionária Ford, mas devido a só ter EcoSport e Ka Sedan nenhum dos dois me interessavam. O EcoSport por não ter porta malas e o Ka Sedan tem porta malas mas é um coche pequeno, portanto Ford eu descartei.Partindo para a outra cidade maior e em outro dia da semana fui em outras concessionárias e falo sobre elas também.A primeira concessionária da segunda cidade foi uma Hyundai, e lá chegando devido ser uma cidade maior e estarmos em era de COVID-19 a ingressão principal estava fechada e o entrada somente pela lateral do prédio.Hyundai HB20S 2020Nem cadeira para sentar nos foi oferecido (dessa vez minha esposa estava comigo), não ofereceram teste drive e parecia que era um obséquio eu ter entrado lá, poderia ser pelo horário 11:00, talvez estivessem com míngua, mas quem vive de vendas não pode escolher horário, assim eu penso pois vivo de vendas também.E minha esposa adorou o HB20S 1.6 automático que estava exposto no showroom e nem o vendedor percebendo o interesse dela pelo coche ele não fez muita questão da venda. O meu contato também ficou lá e estou até agora esperando uma relação.A segunda concessionária da segunda cidade foi uma Chevrolet, e também ingressão pela lateral do prédio por culpa do COVID-19, um grande salão todo envidraçado com os carros expostos e com o ar condicionado desligado, estava um calor danado.Pelo menos sentamos, mas de novo o vendedor parecia que não queira vender o coche, mostramos interesse em um Onix Plus 1.0 Turbo azul, muito linda essa cor mas o vendedor ficou insistindo para fecharmos o negócio em um Onix Plus de cor vermelha 2019/2020, não fiz nem questão de fechar negócio com esse ano de padrão e essa cor que ele queria me incluir por todo dispêndio.Também meu contato lá ficou, mas até agora zero de qualquer retorno.A terceira concessionária da segunda cidade foi uma VW e também ingressão pela lateral e não pela principal que estava fechada, também um grande salão com os carros expostos e lá o ar condicionado estava ligado muito dissemelhante da concessionária anterior Chevrolet que parecia um forno.A atendente foi muito solícita oferecendo moca, chuva e banheiro, coisa que em nenhuma outra me foi oferecido e também não fiz teste drive pois não tinha o coche para isso, estão focando muito no T-Cross e também no Novo Nivus (veja cá uma avaliação do padrão).Mas nessa concessionária meu contato ficou lá e até agora zero.A quarta concessionária da segunda cidade foi uma VW e também mesma coisa, ingressão pela lateral e portas da frente fechada. Mas cá o atendimento foi de primeira desde o início e também não tinha o Virtus 1.0 Turbo para teste drive, somente o Nivus.Cá eu fechei o negócio em um Virtus 1.0 Turbo Comfortline completo, só não veio o pintura do dedo que achei uma diferença de valor muito cimo. Cá pagaram melhor pelo meu coche e já tinha o coche em estoque a pronta entrega, e finalizei a negociação.Considerações finais:Não sou fã de nenhuma marca e já tive automóveis de outras marcas, o atendimento que recebemos influencia no veículo que você pretende comprar tendo em mente o que você procura.Fiat: Só não foi o escolhido por detalhes, pois entre acessórios e valor equivalente pelo o que paguei no Virtus o fator tamanho pesou na escolha.Ford: Não tinha veículo que eu tinha em mente.Hyundai: O HB20S foi o escolhido pela minha esposa, e teríamos ficado com ele se não fosse a falta de vontade do vendedor.Chevrolet: Com o HB20S descartado devido ao péssimo atendimento, a segunda opção era o Onix Plus, mas de novo devido à falta de atenção e tentar puxar um coche que eu não queria foi descartado.VW: Vejo muitas críticas ao atendimento da VW cá, já fui mal atendido por eles também, mas dessa vez em três concessionárias que eu fui a atenção foi totalidade, toda as dúvidas respondidas e a negociação que fiz foi um embate entre elas o no término a que pagou melhor no meu coche levou.Espero que tenham gostado do meu primeiro relato e obrigado pela atenção de todos.PS: O valor pago pelo Virtus 1.0 Turbo Comfortline foi de R$ 79.500.Por Paulo Molinari



Fonte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

12 + 19 =