Futuro rival do Compass, Corolla Cross é registrado no Brasil


SUV médio da Toyota será produzido em Sorocaba em 2021 e terá a mesma mecânica do sedã Corolla
 
A Toyota registrou o escorço do Corolla Cross, SUV de porte médio que será produzido no Brasil em 2021. O inédito protótipo será posicionado inferior do RAV, na filete entre R$ 140 milénio e R$ 200 milénio, para competir com o líder Jeep Compass e com o Volkswagen Taos, que será revelado nesta terça-feira (13).
O SUV da Toyota é feito na mesma base do sedã Corolla, a TNGA-C. O utilitário esportivo possui 4.460 mm de comprimento, 1.825 mm de largura, 1.620 mm de profundeza e 2.640 mm de intervalo entre eixos. Para efeito de conferência, o Corolla sedã possui, na ordem: 4.630/1.780/1.455/2.700 mm.

O Corolla Cross adota suspensão do tipo McPherson no eixo dianteiro, e por eixo de torção na traseira – no Corolla, o conserto é multibraço (multilink). Na Tailândia, onde estreou em julho, o protótipo traz duas opções de motorização: 1.8 a gasolina de 140 cv e 18 kgfm de torque e 1.8 híbrido de 122 cv de potência combinada.  O câmbio é automático do tipo CVT, com tração sempre frente.
Para o Brasil, o SUV deverá adotar as mesmas opções do sedã pátrio: 2.0 flex de 177/169 cv (E/G) com câmbio CVT de 10 marchas e 1.8 híbrido flex de 122 cv com caixa CVT (sem simulação de marchas).

Na cabine, o Corolla Cross repete o escorço do pintura do sedã Corolla, com os mesmos volante, meão multimídia flutuante (de 9”) e quadro de instrumentos parcialmente do dedo. Ao contrário do protótipo tailandês, o SUV brasiliano deverá adotar freio de estacionamento convencional, por alavanca, uma vez que no três-volumes.
A fabricação será na unidade de Sorocaba (SP), que recebeu em 2019 investimento de R$ 1 bilhão para modernização da traço de montagem.
Fotos: Reprodução e Divulgação




Fonte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

vinte + quinze =