Ford GT Heritage Edition faz homenagem às 24 Horas de Daytona de 1966



O Ford GT Heritage Edition surge no mercado americano porquê uma homenagem às 24 Horas de Daytona de 1966, que marcou a primeira vitória da marca numa prova de resistência.Pintado nas cores branco, preto e vermelho do carruagem de corrida Ford GT40 MK II de 1966, que vencera a prova, adotando esquema visual muito parecido com o do bólido das pistas dos anos 60.Mike Severson, gerente de programa da Ford GT, diz: “Para esta edição Heritage, a equipe de desempenho da Ford se aprofundou na história de corridas do Ford GT e elaborou um protótipo de edição limitada que homenageia estilisticamente o 55º natalício da corrida de resistência de 24 horas de Daytona que acabaria por levar ao nosso sucesso em Le Mans”. VEJA TAMBÉM:New Fiesta 2019: preços, motor, consumo, versões (e detalhes)Ford Fusion Titanium: equipamentos, preços, motor, consumo, revisõesFord Focus Sedan 2019: preço, motor, consumo, versões (detalhes)Ele completa: “Aliás, para os clientes que desejam ressaltar a carroceria de filamento de carbono e os dutos de resfriamento funcionais que ajudam a oferecer um desempenho vencedor de Le Mans, a Ford GT Studio Collection oferece outra novidade maneira de os fãs de GT personalizar seus supercarros.”Pintado na cor Frozen White, o Ford GT Heritage Edition tem capô em filamento de carbono exposta, além de alumínio forjado com aro 20 polegadas em design Heritage Gold, muito porquê freios Brembo.Pode-se optar ainda por rodas de filamento de carbono aro 20 e com pinças pretas da Brembo, com o nome da marca em vermelho. O superesportivo da Ford tem ainda o numeral indicativo “98” porquê no carruagem de 1966.Por dentro, o conclusão dos bancos é em Alcantara, assim porquê as portas e quadro, muito porquê outros detalhes, podendo ainda dispor de filamento de carbono na guarnição das portas. O volante tem paddle shifts em alumínio anodizado.Equipado com motor V6 3.5 EcoBoost Biturbo de 660 cavalos, o Ford GT Heritage Edition com câmbio de dupla embreagem Powershift de sete marchas e tração exclusivamente nas rodas traseiras. O que você achou desta notícia?



Fonte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × cinco =