Duas limousines utilizadas por John F. Kennedy vão a leilão


Foto: fordauthority.com
Duas limousines Lincoln utilizadas pelo presidente John Fitzgerald Kennedy, assassinado em 22 de novembro de 1963, em Dallas, nos Estados Unidos, estão sendo leiloadas pela Bonhams, em Novidade York, segundo informações da fordauthority.com.
Nenhum dos carros é o conversível na qual Kennedy foi morto, pois esse réplica está em exibição no museu Henry Ford, em Michigan (EUA).
O Lincoln Continental branco 1963 foi utilizado por Kennedy, sua esposa e o Governador do Texas à quadra, John Connally, na manhã do fatídico dia 22 de novembro. O coche foi um empréstimo do revendedor Bill Golightly e vendido em 1964.

De lá para cá, passou por diversas coleções e foi parcialmente restaurado, com novo motor e até um banho de tinta na tonalidade “Ermine White”. O interno exibe os bancos revestidos em epiderme vermelho e a estimativa de pré-venda é de atingir entre US$ 300.000 a US$ 500.000 (um pouco próximo de R$ 1.668.720 e R$ 2.781.200, em conversão direta).
+ O horizonte dos carros elétricos pode estar no fundo do mar?+ Picape “turbão” manda motor pelos ares; confira o vídeo+ SP oferece crédito para motoboy comprar moto novidade+ Chega de manobra: Ford e Bosch criam garagem na qual os carros se estacionam sozinhos
A segunda das limousines é um protótipo Continental Mark V Executive Limousine 1960, que recebeu portas à prova de balas, janela divisória, telefone e controles do ar-condicionado independentes para os ocupantes do banco traseiro. O protótipo foi alugado pela Vivenda Branca e John F. Kennedy o utilizava em viagens pessoais ao volta de Washington.

Apesar de restaurado, o interno permanece original e a expectativa de pré-venda é de atingir valores de US$ 200.000 a US$ 300.000 (ou R$ 1.113.660 e R$ 1.670.490, em conversão direta).
Veja também
+ A livraria básica do motociclista cool+ Tomografia revela que múmias egípcias não são humanas+ Varão compra Lamborghini posteriormente fraude em auxílio emergencial+ Restaurar um carro: quanto custa e quanto ele pode valorizar





Fonte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quinze − 10 =