Conheça as novas versões do Chevrolet Tracker 1.0 Turbo


O Chevrolet Tracker 1.0 Turbo vai lucrar novas versões a partir de outubro
O Chevrolet Tracker 1.0 Turbo também será comercializado em novas versões de conclusão LTZ e Premier, mais sofisticadas, além da versão de ingressão e da LT já existentes. As informações foram divulgadas hoje pela GM em transmitido à prelo. As novas versões passam a ser comercializadas a partir de outubro.
Tracker, EcoSport, Renegade: qual SUV tem o melhor preçoComparativo: Volkswagen T-Cross x Chevrolet TrackerAvaliação: no uso quotidiano, Tracker agrada com mistura de Renegade e T-Cross
Com estas duas novas versões de conclusão, LTZ e Premier, o Chevrolet Tracker 1.0 Turbo passa a oferecer itens até logo exclusivos do protótipo 1.2 Turbo, uma vez que sensor de ponto cego, alerta de colisão com assistente autônomo de frenagem, assistente de estacionamento, rodas de 17 polegadas, ar-condicionado do dedo e conclusão interno premium.
Veja fotos do Chevrolet Tracker e suas novas versões

Multimídia MyLink com Wi-Fi e câmera de ré, sistema de telemática OnStar com serviços conectados de segurança e proteção, além do aplicativo myChevrolet app para comandar funções do veículo à intervalo eram algumas das tecnologias já disponíveis para o protótipo.
Mudança também na versão 1.2 Turbo
Outra  novidade da risco é que o protótipo 1.2 Turbo passa a ser oferecido exclusivamente na versão topo de risco Premier, onde está concentrada quase a totalidade das vendas do SUV da Chevrolet com esta motorização.
Além do motor mais potente, o teto solar panorâmico é outra exclusividade do Tracker 1.2 Turbo Premier. Com estas alterações, a gama de versões do resultado fica mais otimizada e escalonada:

1.0 Turbo MT/AT
1.0 Turbo LT
1.0 Turbo LTZ
1.0 Turbo Premier
1.2 Turbo Premier

 
 
Veja também
+ A livraria básica do motociclista cool+ Tomografia revela que múmias egípcias não são humanas+ Varão compra Lamborghini em seguida fraude em auxílio emergencial+ Restaurar um carro: quanto custa e quanto ele pode valorizar





Fonte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

16 − onze =