Renault Arkana é apresentado com nova plataforma


Agora um projeto global talhado à Europa, feito sobre a plataforma CMF-B, há chances de o projeto de trazer o Arkana ao Brasil ser retomado
 
A Renault apresentou o novo Arkana, um crossover que mistura estilo com SUV com toques de esportividade. O padrão já está disponível na Rússia há dois anos, adotando a plataforma B0 e compartilhando diversos componentes com o Duster. Porém, o novo Arkana revelado agora mundialmente adota a plataforma CMF-B, a mesma do Clio europeu, passando de um carruagem regional para um projeto global. Outra novidade será a soma pela primeira vez de uma versão RS Line.

Ele será oferecido na Europa a partir do primeiro semestre de 2021, com produção confirmada para a vegetal em Busan, na Coreia do Sul. A mecânica será formada pelo E-Tech Hybrid 1.6 a gasolina de 140 cv, já presente lá fora no Clio, Captur e Mégane. Haverá ainda dois motores a gasolina 1.3 TCe de 140 cv ou 160 cv, além do sistema híbrido ligeiro com bateria extra de 12V

Quando o padrão foi lançado na Rússia, falava-se sobre a chegada do Arkana no Brasil. Porém, esses planos foram abandonados indefinidamente. Agora com o projeto global, existe a chance de ser retomado. Vale lembrar que, com a Confederação Renault-Nissan-Mitsubishi, foi anunciada a produção de veículos com a plataforma CMF-B nas fábricas do grupo no Brasil, incluindo hatches, sedãs e SUVs.





Fonte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 − quinze =