RAM 700 é Fiat Strada rebatizada para a América Latina


Picape produzida em Betim (MG) será vendida em 14 países da região
 
A FCA (Fiat Chrysler Automóveis) revelou a segunda geração da RAM 700, versão da novidade Fiat Strada que será vendida em 14 países da América Latina. A picape será exportada a partir de Betim (MG) para Chile, Costa Rica, Colômbia, Equador, México, Panamá, Peru e Bolívia, entre outros.
O padrão da RAM repete basicamente o mesmo visual da picape da Fiat. A exceção fica pela grade, inspirada pelos utilitários grandes 1500 e 2500. O nome da marca também é gravado em letras grandes na tampa da caçamba.

Na cabine, o envolvente é exatamente o mesmo da Strada, incluindo revestimentos do banco e o volante – com o logotipo da RAM. Na versão cabine simples (chamada de cabine plus na Strada), a RAM tem melhor aperfeiçoamento na região detrás dos bancos – no padrão da Fiat, a lataria fica aparente.

A RAM 700 será vendida nas configurações SLT (cabine simples e cabine dupla), Big Horn (cabine dupla) e Laramie (cabine dupla). Os acabamentos correspondem, na ordem, as versões Endurance, Freedom e Volcano da Strada.
Os motores são o 1.4 Fire Evo, de 85 cv, e 1.3 Firefly, de 99 cv (ambos movidos exclusivamente a gasolina). O mais potente é restrito à topo de risca Laramie. Para toda a gama, porquê na Strada, o câmbio manual de 5 marchas é a única opção.

Fotos: Divulgação




Fonte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois + dezessete =