Jaguar Land Rover perde disputa judicial contra Ineos Grenadier



A Onça Land Rover ganhou uma guerra judicial no lugar mais improvável, contra uma montadora lugar que se “inspirou” no Range Rover Evoque.Porém, ironicamente, agora ela perde uma disputa permitido dentro de sua própria lar e contra outra “inspiração” declarada de um resultado seu, que no caso é o Land Rover Tutelar da geração antiga.Quem levou a disputa foi a Ineos Automotive, que lançou recentemente o Grenadier, uma releitura completa do clássico padrão da Land Rover, que inclusive já foi montado no Brasil pela Karmann-Ghia entre 1997 e 2005.A JLR entrou com ação para impedir a comercialização desse resultado, alegando as similaridades entre os dois. Porém, o Escritório de Patentes do Reino Unificado não viu tanta semelhança assim e negou a licença de direitos para a Land Rover. Portanto, o juiz de um tribunal de Londres seguiu o parecer.Com isso, a Ineos agora pode vender o Grenadier até nas Midlands sem nenhum impedimento jurídico. A Onça Land Rover informou que está decepcionada com a decisão da justiça britânica nesse caso. Ela acusa ter registrado o esboço de patente do Tutelar em vários países.A Ineos Automotive, que pertence ao bilionário Jim Ratcliff, que atua na dimensão química, tinha planos de erigir o chassi – projetado pela Magna Steyr, em Portugal, sendo assim enviada para montagem final no País de Gales.Porém, a Daimler quer se desfazer da fábrica da Smart em Hambach, França. Se conseguir um entendimento com os alemães, a produção deverá ser totalmente francesa, abandonando o múltiplo e custoso esquema feito originalmente.Com motor BMW da série B57/58, o Ineos Grenadier tem esse seis em risco 3.0 com gasolina ou diesel, além de transmissão automática e tração 4×4 com reduzida e tudo mais.Além de sua forma fechada, o Grenadier terá ainda uma versão picape. Por ora, não se sabe de versões híbridas e nem de uma verosímil eletrificação no porvir, mas é provável que aconteça nos próximos cinco anos. Parece ou não?[Fonte: Carscoops] O que você achou desta notícia?



Fonte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 − 1 =