CNH no celular dá 40% de desconto em multas; como mudar



A partir de agora, a Carteira Do dedo de Trânsito (CDT), popularmente conhecida uma vez que CNH do dedo no celular, já permite o seguimento, recebimento e pagamento antecipado de multas com desconto de até 40%.
Veja uma vez que fica o novo Código de Trânsito reconhecido no SenadoRadar escondido agora será proibido; veja uma vez que evitar multasVenda de coche para PCD dispara; governo quer mudar regras
A integração dos aplicativos CDT que administra a CNH no celular e Serviço de Notificação Eletrônica (SNE) foi anunciada nesta segunda-feira (21), durante o webinar “Denatran Do dedo – Inovações para o Cidadão”, que faz segmento da programação da Semana Vernáculo de Trânsito, mobilização pátrio que acontece até a próxima sexta-feira (25).
Veja fotos do Onix e Onix Plus que agora ganha série Midnight

“A transformação do dedo caminha lado a lado com a segurança e o intuito de facilitar a vida do cidadão. Temos outros nove serviços para casar na CDT, sendo um deles o SNE. Com essa fusão, o cidadão poderá, dentro de um único aplicativo, resolver inúmeros serviços burocráticos de trânsito”, afirmou o diretor-Universal o Denatran, Frederico Carneiro.
Porquê transmigrar para a CNH no celular
Por enquanto, pessoas jurídicas continuam usando o site do SNE para gerenciar as infrações dos veículos de suas frotas, mas as pessoas físicas já podem utilizar o sistema para gerenciar as multas pelo aplicativo da CDT.
Para passar a receber as multas em formato eletrônico, o condutor que ainda não tiver formalizado a adesão pelo site ou pelo aplicativo do SNE, conseguirá aderir, a partir desta semana, pela CNH do dedo.
Passo a passo
Usuários já cadastrados no SNE e na CDT unicamente precisarão atualizar o aplicativo da carteira. As novas funcionalidades já estarão disponíveis no menu de opções, na aba preferências. Para novos usuários, o caminho será o mesmo, com a diferença de que a adesão será feita no momento que o condutor permitir no aplicativo.
Ao fazer isso, as notificações de multas chegarão a partir da CDT. Lembrando que, para obter o desconto de 40%, o condutor precisa desistir de interpor recurso contra a infração. O valor economizado com custos administrativos, de sentimento e envio pelos correios, é repassado na forma do tristura.
Disponível desde 2016, o SNE já gerou mais de R$ 100 milhões de desconto em multas de trânsito para motoristas de todo o país. No momento, as notificações eletrônicas abrangem as autuações de todos os órgãos de trânsito de fiscalização nacionais, atém das emitidas por 15 Detrans e mais de 80 órgãos municipais. Se o condutor cometer uma infração e o órgão responsável ainda não fizer segmento do SNE, ele recebe a notificação e a multa pelos meios tradicionais, ou seja, não terá o desconto de 40% ao final.




Fonte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × um =